Como estão os refugiados em tempos de pandemia?

A pandemia da COVID-19, trouxe uma realidade ainda mais cruel para aqueles que vivem em situações de desigualdade, como os refugiados. Dentre as situações que já conhecemos existentes na realidade de um refugiado, esse novo prisma apontado pelo coronavírus, agravou ainda mais a situação dessa minoria que vivem uma constante violação de direitos. Com oContinue a ler “Como estão os refugiados em tempos de pandemia?”

O feminismo é livre de preconceitos?

Feminismo é, dito de forma simplista, o movimento sócio-político económico que defende a igualdade plena entre homens e mulheres. Apesar disso, configura-se muito mais adequado se falar em “Feminismos”, no plural, do que na existência de um feminismo unívoco. Os movimentos feministas são marcados por uma longa variação histórica e espacial, bem como caracterizados porContinue a ler “O feminismo é livre de preconceitos?”

A relação entre uso de símbolos neonazis, liberdade de expressão e o discurso de ódio

Nazismo, abreviatura para “Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães”, foi um dos movimentos que nasceu numa Europa fragilizada na década de 1920. Liderada e disseminada pelo político alemão Adolf Hitler, esta ideologia consistia em ideais pautados no antissemitismo, aliado à noção racista e eugenista da superioridade da raça ariana, e na construção de um “espaço vital”Continue a ler “A relação entre uso de símbolos neonazis, liberdade de expressão e o discurso de ódio”

Violência policial no Brasil

A violência, tema constante e atemporal nos noticiários mundo afora, tem, em 2020, tomado uma proporção que torna impossível virar as costas para o que tem acontecido. A revolução nos meios de comunicação e nas mídias sociais resultou num contexto em que  velocidade com que as informações atravessam barreiras invisíveis torna global qualquer acontecimento local,Continue a ler “Violência policial no Brasil”

O assassinato de George Floyd e o desenrolar das manifestações estadunidenses

George Floyd era um homem negro, de 46 anos de idade, que foi abordado por policiais e preso ao tentar passar uma nota falsa de 20 dólares quando comprava um maço de cigarros. Enquanto era rendido pelos policiais, o oficial Derek Chauvin pressionou o pescoço de George com seu joelho, por estimados oito minutos eContinue a ler “O assassinato de George Floyd e o desenrolar das manifestações estadunidenses”