Youth(work) – and the Erasmus Experience – without Borders

Circulize, people! Circulize!

Having participated in over 3 Erasmus+ projects (4!), I can honestly say that, evrytime I decide to enter a new one, I always start with the same mindset: “I’m only going because I want out… This time, I’ll try to open myself less to people, I have enough friends abroad already… This is my last one! I won’t have more time for this in the future…”

And then, I find myself in Croatia… And, AGAIN, I was proved wrong.

Between 10 and 18th of September, I was part of the Portuguese team, representing Akto: Direitos Humanos e Democracia and The Human Right Defense Section of the Academic Association of Coimbra, on the Training CourseYouth(work) without Borders” in Nova Gradiska. Incluind participants of various ages, from various European countries, like Portugal, Croatia, Spain, Italy, Romania, Greece, Cyprus, Lithuania e Slovenia (and one Brazilian…), this TC focused on techniques of non-formal education and how to apply them, including Human Rights teaching tools.

Any expectation we had entering that room, was quickly replaced by enthusiasm. Any doubt, by a sentiment of belonging, knowing you are where you’re supposed to be, that every moment, conversation or exercise is fundamental to be brought back home, roll-up your sleeves and do more. Even more than what you were expecting to get from this TC.

A week after finishing this Training Course, is impossible to write and talk about it, without a smile, or remembering our evil laughs (thank you, Evelina…), or Andra’s “jealousy” (Ducu!!… don’t get pregnant…), or the meows, or starting humming “Train Me! Train me, my friend!”, or… See? It’s impossible to stop reminiscing…

More than a YouthPass. More than all the competences, knowledge and skills that Nina, Desiree and Paolo so inspiringly gave us (again… THANK YOU SO MUCH!), and that all of us, participants, will apply on the field, growing our multi-disciplinary baggage to help our communities. More than all the networking done over the week (or should I say, all 84 years?), that create more than work acquaintances, but friends and companions. More than a week of fun and companionship. A eye-opener, a guarantee, that made us feel fulfilled and hopeful, that the future, as strange and scary as it may look, can, and must, be yours.

And see you all next April!

P.S.: I still nominate Despina as the killer!

 

Gil Cancela

Publicado por SDDH/AAC

A SDDH/AAC é uma das dezasseis secções culturais da Associação Académica de Coimbra. Fundada em 1997 encontrou-se, desde logo, na causa da sensibilização e promoção dos direitos humanos junto da comunidade académica, mas não só. Desde o início, o seu objetivo principal foi o da denúncia das diversas violações de Direitos Humanos, através da informação, formação e educação de todas as temáticas relacionadas com estes, tendo como público-alvo o estudante universitário de Coimbra. Neste sentido, a SDDH/AAC realiza projetos “para os estudantes e pelos estudantes” tentando chegar cada vez mais perto dos seus pares, incentivando um espírito crítico, atento e ativo perante as problemáticas que ocupam a atualidade no âmbito dos direitos humanos. Desenvolvem-se projetos com formatos diversificados, procurando corresponder às várias recetividades encontradas no meio académico. Ao mesmo tempo, a SDDH/AAC procura desenvolver parcerias com instituições e entidades da cidade de Coimbra com missão semelhante de forma a contribuir para a sensibilização, educação e formação a nível local e nacional. A Secção tem uma presença ativa nas redes sociais, característica que se advinha essencial na pretensão de chegar aos estudantes e de promover o ativismo junto da juventude. A equipa é constituída por estudantes das mais variadas áreas, desde as ciências sociais às ciências da saúde, passando pelas ciências exatas. O trabalho é desenvolvido em equipa no sentido de promover o desenvolvimento de soft skills e o profissionalismo. Todos os sócios contribuem de forma voluntária nos projetos do seu interesse, permitindo que todos possam propor, coordenar e participar em causas que lhes sejam próximas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: